quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

33 anos sem Clarice Lispector


“Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam.”

(Clarice Lispector)


--

Saiba mais sobre essa célebre personalidade que marcou a literatura brasileira.

Escritora e jornalista, Clarice Lispector morreu, um dia antes de completar 57 anos, vítima de um câncer inoperável no ovário. Nascida na Ucrânia, Clarice veio ao Brasil com apenas dois meses de vida, por sua família sofrer com a perseguição aos judeus, durante a Guerra Civil Russa de 1918-1921 e se instalou em Recife, Pernambuco. Alguns anos depois, após a morte de sua mãe, ela e sua família mudaram-se para o Rio de Janeiro.

Em 1943 foi publicado seu primeiro romance, "Perto do coração selvagem", que inovou a literatura da época, surpreendendo a crítica, pela problemática de caráter existencial e também pelo estilo solto, elíptico e fragmentário, visto que na época.

Seu livro mais famoso é "A Hora da Estrela", que foi lançado poucos meses antes da morte da autora, descreve a pobreza e a marginalização no Brasil. A publicação chegou a ser leitura obrigatória para vestibulandos de algumas universidades por um bom tempo.

Como jornalista, trabalhou em jornais como Jornal do Brasil e Diário da Noite, fazendo colunas voltadas para o público feminino, abordando temas como dicas de beleza, moda e comportamento.

Clarice é, até hoje, uma das escritoras do Brasil mais lembrada, ao lado de Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, João Guimarães Rosa, Clarice Lispector e Cecília Meireles.


Fonte: Vírgula



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu rabisco por aqui!Em caso de dificuldade, envie seu comentário para o endereço rabisco-criativo@hotmail.com

Críticas são bem-vindas, mas educação e bom senso também.

Obrigada.