quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Refletindo

Os EUA passando por uma tragédia e eu sendo obrigada a ver comentários absurdos do tipo 'eles merecem' ou ' o Irã devia aproveitar pra atacar.' Ou então, um jornalista dizer que 'tragédias maiores acontecem no Brasil todos os dias.' 

As pessoas definitivamente esqueceram de amar ao próximo e talvez por isso a humanidade tenha chegado no nível rasteiro que chegou, onde se prende e condena um pai de família que rouba um pacote de leite, onde as pessoas se matam por alguns trocados ou briga de trânsito, onde adolescentes se espancam no colégio ou monstros abusam de crianças. Impera a arte de olhar somente para o próprio umbigo, agir sem pensar ou medir as consequência, julgar-se acima do bem e do mal e, principalmente das leis que regem (ou ao menos deveriam) uma sociedade. Sabemos, e isso é óbvio, que tragédias de todas as proporções acontecem, não só aqui no Brasil, mas ao redor do mundo. 

Quantos morrem de fome, em guerras civis, em fenômenos naturais, em epidemias devastadoras ou de tristeza por perder alguém que ama? É muita hipocrisia tais pessoas falarem 'que no Brasil acontece pior' sem nem pra essas tragédias tupiniquins elas olham, estendem a mão ou gastam o mínimo de energia pra ajudar. E até parece que essas mesmas pessoas esquecem da quantidade de brasileiros que moram nos EUA, que foram em busca de um sonho que, no Brasil, não conseguiram realizar. 

Compaixão e solidariedade são adjetivos que poucos neste planeta possuem. E com todo meu resquício de inocência e utopia, acredito que o segredo da mudança está nas pessoas, e não nas coisas. Está na consciência, e não no bolso. Está no amor, e não na guerra.


domingo, 21 de outubro de 2012

Comunicado

Não. Esse blog não foi desativado.

Acontece que a blogueira anda completamente sem tempo de produzir postagens que valham a pena ser lidas. E se for pra postar qualquer coisa, só pra não ficar sem postar nada...é melhor ficar sem nada mesmo.



Enfim, estou colocando a rotina nos eixos novamente, muitas mudanças acontecendo. 

Se você visita e curte esse espaço onde escrevo e devaneio há quase três anos, peço um pouquinho de paciência pois, a partir da próxima semana o blog volta ao seu funcionamento normal.

Até breve!

=)

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Quase debutante

No dia em que completa 14 aninhos de vida, poucas vezes paramos para nos perguntarmos como seria a vida moderna sem o Google. Você provavelmente nem estaria lendo esse blog, já que 50% das visitas que recebo são frutos de pesquisas por palavras-chave no jovem buscador. Não é à toa que comumente dizemos 'se não está no google, não existe.' =P

Desde que surgiu, jogou pra escanteio outros do mesmo time, como o Cadê?, que se você for adolescente, nem deve ter utilizado. Eu só peguei em um computador de verdade com 14 anos, acredita? A blogueira é do tempo da internet discada, que usava linha telefônica e só podia acessar depois de meia-noite, quando era mais barato.

E pra comemorar o seu aniversário, nada mais justo que um Doodle divertido, né? Já acessou o Google hoje? Aposto que sim! Se não, vai lá que ainda dá tempo de ver ou clique AQUI e confira esse e todos os outros Doodles criados.

Aproveitando a oportunidade, indico uma leitura indispensável aos profissionais de comunicação e mídia. 


'Google - a história do negócio de mídia e tecnologia de maior sucesso dos nossos tempos' traz a biografia da empresa que revolucionou o acesso à informação e transformou-se em ferramenta indispensável para qualquer pesquisa na Internet. Da afinidade intelectual entre o americano Larry Page e o russo Sergey Brin, doutorandos em Ciências da Computação em Stanford, na Califórnia, nasceu a Google Inc., uma empresa que só registrou crescimento desde a sua fundação, em 1998, e que hoje já vale U$92,4 bilhões. A história dos gênios do mundo virtual que se tornaram bilionários no mundo real é contada pelos premiados jornalistas David Vise e Mark Malseed.

-

#Saidêra Uma rapidinha sobre o Google.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

The Voice tupiniquim

Lembram quando falei da Ellen Oléria aqui no blog? Aquela moça de voz forte e presença impetuosa? Pois é! Não é que a danada participou do primeiro episódio do The Voice Brasil? Fiquei muito feliz quando vi! 


A versão brasileira do excelente (eu acho!) reality americano já começou, na minha opinião, escorregando feio na combinação deles. Enfim, não vou nem entrar no mérito da questão, já que tenho uma opinião muito particular sobre determinados artistas e longe de mim criar polêmicas. 

Pela amostra do primeiro episódio, já deu pra perceber que tem muita gente boa e talentosa nesse país de meu Deus! Mas disso a gente sabe, né? Brasileiro é artista mesmo sem querer. A Ellen brilhou no palco e que eu já tô com a geral torcendo por ela! #TeamEllen

Outro participante que impressionou todo mundo foi o índio Yuri, por ter a voz extremamente parecida com a do sertanejo Chitãozinho e Xororó e, claro, ter cantado muito bem. Só que aí, não se sabe bem o motivo, não aprovaram o cara e ainda fizeram um 'discurso' sobre a etnia do rapaz e o talento que ele demonstrou. Uma espécie de justiça tardia ao povo indígena, sabe? Até o apresentador do programa achou errado. #Dislike


Foi algo mais ou menos assim: não gostaram, ou gostaram, mas não aprovaram. E quando viram que era um índio, rolou a culpa por não terem aprovado. Só sei que tá rolando campanha pro Yuri voltar e eu tô dentro.

Polêmicas à parte, vou continuar acompanhando, quero ver até onde essa onda leva.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Eles vão dominar o mundo!

Sabe aquela história de coelhos se multiplicarem 'numa velocidade?' Pois é, com astros de K-pop, a música pop sul-coreana, é mais ou menos a mesma coisa. E não vou mentir, eu adoro... mesmo sem entender uma palavra do que eles dizem. São tantas cores, efeitos especiais, locações inusitadas, coreografias malucas...ufa! Enfim, referências de áudio e vídeo que enchem os olhos de quem adora cultura pop ou simplesmente curte ver novidades bacanas.

E foi assim que nas últimas semanas o rapper sul-coreano Park Jae-Sang, mais conhecido como Psy, alcançou uma grande proeza pop. O fulano é ultra popular pelos clipes malucos e engraçados e o último deles,"Gangnam Style", se tornou o mais novo fenômeno do YouTube. 


É nada mais, nada menos que o vídeo de K-pop mais visto da história, com mais de 200 milhões de visualizações desde seu lançamento. Sem falar que é também é o vídeo de K-pop com mais visualizações em um curto espaço de tempo, acumulando mais de 80 milhões de visualizações em 45 dias. Sem falar dos milhares de vídeos com famosos e anônimos fazendo a dancinha do clipe. Basta dar uma pesquisada no Youtube. 
 

Eita! Vamos ver logo esse vídeo, né?


Achou confuso? Maluco? Ou sem noção? Calma, deixa pra achar tudo isso quando ouvir a primorosa, só que não, versão do 'cantor' Latino, o mestre em versões aportuguesadas.


A tal versão teve uma repercussão extremamente negativa na blogosfera e entre os amantes da cultura pop. Tão negativa que o blog Não Salvo está realizando uma campanha para que esse vídeo seja o mais 'dislaikado' do Brasil. E até o fechamento desse post, o vídeo já contabilizava mais de 20 mil dislikes!

Quanta inutilidade reunida não é? Não! O Não Salvo já realizou vários desafios como esse que mostram bem como a mobilização de pessoas pela web pode ter força incalculável. Mesmo sendo pra coisas inúteis.

E pegando carona nesse bonde, saca só esse som! 






A música coreana vem conquistando milhares de fãs, inclusive no Brasil. Saiba mais aqui e aqui.

Mas cuidado: eles ainda vão dominar o mundo pop!



UPDATE!

Até o jornalista Jorge Pontual entrou na onda coreana do 'Gangnam style'!
 


sábado, 8 de setembro de 2012

Com a roupa que quiser, ué!

Nunca fui muito ligada na moda, apesar de inconscientemente ela sempre estar me rondando, assim como ronda todos nós. Ou você acha que o jeans que usa e o tênis que calça não nasceram na mente de alguém?

De uns tempos pra cá, a internet permitiu a democratização dos espaços de tal forma, que todo mundo pode emitir sua opinião, ainda que muitas vezes estúpida ou não, e defendê-la com unhas e dentes. E foi meio por aí que os blogs de moda nasceram e se multiplicaram absurdamente, pior que coelho ou rato, como queira. E de it girl em it bag, todo mundo quer mostrar o seu estilo, as marcas (ou não) que usa, jabás e afins, em uma espécie de exercício de auto-estima diária... ou narcisista mesmo.

De fato, existe algo de podre no reino da Dinamarca. Futilidades existem e a menos que você queira viver no meio do mato comendo raízes, sem se render a tecnologia e a sociedade capitalista (falei bonito!), não dá pra fugir dessa avalanche consumista. Apenas aprender a dosar o que pode, deve e precisa ser realmente consumido. E o que é luxo pode ser transmitido em uma bolsa de grife famosa pra você é um casaco quentinho pro mendigo numa noite fria. 

Em tempos onde os valores e princípios estão invertidos, embaralhados ou sumiram mesmo, às vezes é difícil se manter em pé com tanta turbulência.

E confesso: frequento muitos blogs de moda. Publicitário com cabresto não anda, não cresce, não desenvolve. E até mesmo por ser mulher, sinto-me naturalmente seduzida por esse mundo fashion, claro, com moderação...bastante, aliás. Porém, visitar esses espaços me deu uma visão crítica do meio, bem mais aguçada por sinal, refletindo até no meu modo de vestir e agir. Sentir-se bem na própria pele, ainda que os outros não nos vejam assim, é a chave da auto estima pra cima. A 'sem-vergonhice', no sentido de aceitar-se e valorizar-se em todos os aspectos levou mais de duas décadas para me alcançar e, olha, tem sido muito bom.

Devaneios à parte, vim pra falar de criatividade, seja lá onde for... e na moda também vale, afinal, é expressão e arte da forma mais pessoal possível.

Nos passeios internéticos da madrugada, conheci uma já famosa moça de 42 anos e espírito tão jovem que ainda está por nascer. Publicitária (\o/), colunista e escritora Cris Guerra tem um jeito todo especial de se expressar no que veste, usa e calça, nitidamente sem seguir regras alheias, mas ditando as suas próprias. E quebrando-as também.


Com o blog 'Hoje eu vou assim', que já passa do seu quinto ano de existência, Cris posta muito mais que looks diários cheios de personalidade, elegância e, claro, bom humor. A própria definição do espaço explica em resumo:

'É sendo ela mesma e passando adiante essa mensagem que Cris 
propõe uma nova discussão sobre juventude, beleza e autoestima.'

E como é bom sorrir pra vida, ainda que ela nem sempre nos dê muitos motivos pra isso. A história de vida da Cris é um exemplo de desafio e recomeço e o sorriso que ela expressa prova bem isso. Procura por lá e você vai entender.



Escritora de mão cheia, ela também possui outros dois blogs deliciosos de ler. 

Um sobre o filho, Francisco (Cartas pra Francisco) e outro sobre o assunto mais falado da humanidade: o amor (amor e ponto). 



Se você busca leitura divertida e inspiradora, são ótimas indicações.

Pra encerrar, qual tal um vídeo inspirador também?


#BoaNoite


quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Jingle chiclete do momento

Não tem jeito! Basta esse comercial passar e a vontade de imitar os bichos e as frutas é imediata. Nota 10!




sábado, 1 de setembro de 2012

Stopmotion no Excel? É possível.

Quando você pensa que já viu de tudo na internê, vem um maluco e cria um stopmotion com página do Excel. Duvida? Saca só!



Quer saber mais sobre como ele fez isso? Clica aqui.

Jonatas Penna, mais conhecido como Mystery Guitar Man, é famoso na web pelos vídeos criativos e inusitados que produz praticamente sozinho. O mais curioso é que o fulano é brasileiro e mora dos EUA desde a adolescência. Se você é minimamente conectado ao mundo virtual, já deve ter ouvido falar dele, que fez participações até no Fantástico, na TV Globo.

Quer saber mais sobre ele e como fazer sucesso na web? Clica aqui.

Traquinagem dentária

Tá achando sua vida meio paradona, sem nada muito radical pra dar uma variada na rotina? Que tal se inspirar nesses simpáticos dentinhos de leite, que vivem por aí a explorar o mundo em delicadas aventuras?

Eles são Ickle e Lardee, pequeninas obras da artista plástica Inhae Renee Lee, coreana que mora nos EUA desde os 16 anos. Olha só que trabalho mais fofo:









As aventuras já renderam até um livro!



Bacana, né? Então corre lá no blog da artista e confira outras aventuras imperdíveis dessa dupla.

Faz tempo que ando querendo levar a OwLivia pra dar umas voltinhas. A coitada vive traquinando um jeito de fugir. Quem sabe em breve ela não aparece por aqui pra relatar suas aventuras? =)


-

Vi vagando aqui.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Goob, gloob, glee

Pra quem não sabe, nasci em Alagoinhas, cidade do interior baiano (terra de Jean Willys e, dizem, 2º melhor água do mundo). Pois bem. Recentemente se instalou por lá a fábrica da multinacional peruana Indústria São Miguel, do ramo de bebidas não alcoólicas, que chega ao Brasil para concorrer principalmente, creio eu, com a Schincariol, com fábrica na cidade também. Sinais de que a água de lá é bastante cobiçada.

A veiculação da campanha publicitária de um dos produtos dessa indústra já está rolando na web e na TV, despertando minha atenção por dois motivos.

Primeiro, o teaser que está sendo veiculado para o refrigerante Goob é bem bacana, animado, trilha com toque de axé, edição interessante com situações onde o refrigerante está presente fazendo a alegria dos envolvidos. Beleza. Até aí, tudo bem, nenhuma novidade, né?

Vídeo no site.

No entando, o que me chamou atenção em especial foi a logo do produto. Quando vi pela primeira vez, tive aquela sensação de djavù, sabe? 'Já vi isso em algum lugar, mas onde? Aí decidi fuçar na net pra tirar a dúvida. E então, tadáaa! Achei isso aqui:




Ops! O que a logo do seriado americano Glee tá fazendo aqui?

Bricadeiras à parte, realmente achei as logos bastante parecidas e apesar da velha discussão de 'o que é inspiração, o que é plágio' sempre rolar nessas horas, prefiro deixar os leitores do blog tirarem suas próprias conclusões. Enfim, achei que valia a pena compartilhar. E você, o que acha?


sexta-feira, 17 de agosto de 2012

É pop!

Se você curte cultura pop e afins já deve ter ouvido uma música que está bombando em todo mundo, topo da Billboard Hot 100 e com clipe visualizado milhares de vezes no YouTube. Essa música é 'Call me maybe', da cantora e compositora canadense Carly Rae Jepsen. Eu particularmente acho muito fofa e bacaninha de ouvir (eu e meus reflexos tardios da adolescência).



Mas o bom disso tudo mesmo é ver a música se multiplicando em versões tão malucas e divertidas quanto ela é originalmente. Eis que, nesse meio tempo, surge um engraçadinho e faz você perder 3 preciosos minutos da sua vida com essa versão inusitada com as falas dos personagens de Star Wars. Nem deve ter dado trabalho pra fazer, né?


Achou pouco? E que tal ver o Barack Obama, o presidente mais pop da história, 'cantando' o mesmo hit?


Ai ai... Esse ócio criativo é que mata...

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

O último choro

Nesta quarta-feira recebi através da TV uma notícia muito triste. Partiu Altamiro Carrilho, músico, compositor e flautista que difundiu o choro brasileiro pelo país e pelo mundo. Luto na música brasileira, para os milhares de fãs e para meu pai que sempre foi admirador e ensinou os filhos a gostar da música verdadeiramente brasileira. 

(1924 - 2012)

Com a partida de Altamiro, reacendem as lembranças que eu e meus irmãos temos das manhãs de domingo, em que acordávamos cedinho para gravar os especiais de chorinho da Rádio Educadora em fitas K7. Aliás, o acervo desses programas é enorme, muitas nem devem mais ter condições de serem ouvidas.

Mas em tempos onde tudo é digital, as obras de Altamiro e de outros célebres cantores e compositores estão ao alcance da população como nunca estiveram antes. Infelizmente, a ignorância impera e a maioria das pessoas desconhece a qualidade dos nossos músicos 'das antigas'. Quantos da nossa geração tecnológica podem afirmar que conhecem Pixinguinha, Adoniran Barbosa, Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim entre outros?

Deixo aqui minha despedida ao mestre Altamiro, um 'até logo', pois sempre nos encontraremos toda vez que eu ouvir uma das suas interpretações. Com um aceno doído, contenho o meu choro para ouvir um dos meus preferidos.



Vamos malhar?

Sempre fui noveleira e se a produção fosse mexicana, então, eu me esbaldava. #MariadoBairroFeelings 

Mas além de gostar das novelas, eu sempre fui atenta as aberturas, tanto das produções fictícias como dos programas de TV em geral, sob aquele olhar crítico que só o espírito publicitário é capaz de dar sobre as coisas mais variadas possíveis.

Assim, gosto de observar a temática, a produção, a trilha sonora e a execução da ideia em detalhes, pra poder compreender se aquilo tudo faz mesmo sentido e está coerente com o enredo da atração ou foi uma escolha aleatória, boba e mal produzida. InsensatoCoração


Esta semana estreou a milionésima temporada da global Malhação e, ao que parece, está com uma nova roupagem, mais adolescente e menos psicopata (como na última temporada). Calma, gente! Não sou e nunca fui fã dessa novela, mas a internet e as revistas especializadas estão aí pra nos manter informados.

Enfim, essa nova pegada da atração também influenciou na nova abertura que, cá entre nós, tá muito massa! Cara de clipe da Selena Gomez com Hannah Montana, uma película bacana, trilha #tudoaver e muita descontração e espontaneidade do elenco. Vi, revi e aprovei! Entrou no hall das 'Minhas aberturas preferidas', sem dúvida! Confira:


(Versão com melhor qualidade aqui.)

Os boatos internéticos dizem que a nova temporada tá com cara de uma série britânica chamada Skins. Como eu desconheço essa produção, não posso fazer comparações. Mas que Avenida Brasil é inspirada em Revenge, ahhh isso é!

E você, o que achou?

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

#RádioRabisco Especial Dia dos Pais

 
Nem só de MPB, pop e rock vive a minha playlist. Nela cabe de tudo um pouco. Do tecnobrega 'uó' à ópera. E isso não faz de mim uma pessoa sem gosto definido, sou apenas aberta a novos sons. Detesto ser definida  como eclética, soa clichê e medíocre.

Como publicitária que sou, adoro conhecer novos artistas e ritmos, combustível que torna minha mente ainda mais efervescente.

Antes de Adele virar moda, eu já curtia sua voz. Antes de 'I don't wanna miss a thing' ser usada em trilha de comercial de cerveja, eu já adorava o som do Aerosmith, antes de Toni Braxton decair e nem ser mais lembrada, eu chorava ao som de 'Spanish Guitar'. 

Da mesma forma, antes dessa nova geração da MPB e samba ter música em trilha de novela, eu já amava Adoniram Barbosa, Pixinguinha, Jacob do Bandolin e toda safra dessa época. Gosto desenvolvido especialmente pela influência de meu pai e dos especiais de domingo da rádio Educadora da Bahia. Ainda existem dezenas de fitas k7 guardadas pra tocar onde? com os programas gravados.

Pois bem, esse post é pra falar de um cara incrível, do qual sou fã e meu pai também. E é por saber do gosto do coroa (que chamo carinhosamente de 'véio' pelos seus áureos 83 anos), que o presenteei antecipadamente com o novo DVD do violinista e maestro Andre Rieu, o "Embaixador das Valsas", e que um amigo meu chama de brega por tocar chavões da música clássica. #TôNemAí


O trabalho lançado em maio desse ano e intitulado "Under The Stars Live in Maastricht V" é majestoso. Trata-se de uma apresentação tradicional que Rieu faz em sua cidade natal todos os anos e que já foram lançadas em DVD anteriomente, porém esse trabalho tem um toque especial pelas canções escolhidas e participações especialíssimas. Uma delas é a junção de dois corais de vertentes distintas, o Coral Gospel do Harlem e o Coral Gospel de Soweto, que se unem ao coral da Johann Strauss Orchestra para entoar a clássica "Oh Happy Day" de forma empolgante e cheia de emoção.


Outra participação surpreendente acontece da platéia para o palco, quando Rieu toca a valsa "And The Waltz Goes On", de autoria do premiado ator (Sir) Anthony Hopkins. E você aí achando que ele só sabia fazer psicopata comedor de cérebro, se depara com uma composição belíssima, que me fez chorar pela delicadeza das notas e interpretação da orquestra. 


Em um show que começa com dia claro e vai ganhando contornos diferentes  a medida que anoitece, vozes e instrumentos se unem na mesma nota, para dar o tom perfeito da apresentação, com direito até a cantora que voa sobre a platéia.


Enfim, um super-hiper-ultra-mega presente de dia dos Pais que eu já garanti pro meu 'véio' e ele amou, assim como os outros títulos do Rieu que já possui. Um deles também é maravilhoso, o "In Wonderland", que explora os contos de fadas, combinando cenas teatrais com canções tema dos personagens, entre outras. #MuitoMuitoBom

Se o seu pai também curte esse som, #ficadica. Tem aqui.

Em maio Rieu esteve no Brasil, mas infelizmente a vontade de ir a um desses shows não foi compatível com o saldo bancário. =/ Fica pra próxima!

Mais no www.andrerieu.com.

 

terça-feira, 31 de julho de 2012

LabiLivros

Os artistas Marcos Saboya e Gualter Pupo tiveram a maluca e criativa ideia de usar 250 mil livros para construir um labirinto.



Com o nome de aMAZEme (trocadilho com "amaze" - surpreender - e "maze" - labirinto), a instalação foi colocada de pé com ajuda de voluntários e faz parte do Festival de Londres, que acontece durante as Olimpíadas.

Mais imagens  aqui.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Mensagem da semana

Sabe quando todo sonho parece difícil, quase impossível de ser alcançado? Ou quando o peso dos problemas se torna um desafio doloroso de enfrentar? Sei que conselho não resolve problema de ninguém, aliás, se conselho fosse bom não se dava, vendia. Mesmo assim, lá vai!


"Graças a Deus que mesmo sonhos loucos de realizam..."

Tradução aqui.
 

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Cher's

O vídeo abaixo mostra Cher e suas facetas com "50 anos em 50 segundos". Vi esse vídeo ano passado no blog da Carolina, mas pelas minhas contas Wikipedia, a Cher tem hoje 66 anos quem acreditaer?  #ValeVer

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Mallu cada vez mais mulher

Mallu, minha filha, onde eu estava enquanto você crescia e se tornava uma artista tão boa? Graças aos deuses da música, ela abandonou o "sem noçãozismo", evoluiu musicalmente e ficou linda, sexy, leve. Se foi obra de um camelo, eu não sei, mas se for, tá fazendo muito bem pra ela, uma artista promissora que desabrocha bem diante dos nossos olhos surpresos. Com o seu novo álbum "Pitanga", lançado em 2011, ela mostrou o quanto está madura nas composições, associada a belos singles com clipes que só fazem com que eu curta ainda mais o som dessa moça. Vem pra cá, Mallu!
A canção  "Velha  e louca" foi o primeiro single do novo CD  e com um clipe desses nem precisa dizer mais nada. Solta o som!


Essa semana saiu o segundo single e seu respectivo clipe:


Já tô ansiosa pelo que vem por aí...

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Criatividade é coisa de baiano

Essa semana um baiano de Campo Formoso rodou o mundo na web através de um vídeo mega criativo. 

Fernando Ventura é estudante de Arte e Mídia, da Universidade Federal de Campina Grande, e teve a grande sacada de reunir referências de clipes famosos dentre outras cositas para produzir seu próprio clipe, trabalho de conclusão do curso. O resultado do trabalho é incrível e se tornou viral em 48 horas.

Ele chamou 70 brother's, compôs a música 'Miss Me' para um EP e batizou o projeto de Grandphone Vancouver. Né fraco não, o rapaz...

Como se isso tudo já não desse trabalho o suficiente, ele ainda resolveu filmar o clipe em 25 takes de plano sequência. #PlanoSequênciaMeuSonhoDeConsumo

Depois de todo essse esforço, "viralizar" um trabalho tão bem feito é mais que merecido.

Segundo Fernando, o clipe será inscrito para a premiação do Video Music Brasil (VMB), da MTV, na categoria webclipes. “Chamei as pessoas para ajudar no clipe com a certeza de que poderia ganhar esse prêmio da MTV. Acho que temos grande capacidade de ganhar” - diz ele.

Também acho, Fernando. E você, leitor? Confira o clipe!


#ClapClap 

-

Com informações do Correio.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Coma com os olhos

Olhe direito...pode olhar, olhe bem. Agora responda: isso é foto ou é pintura? 







Ficou na dúvida? É pra ficar mesmo. O artista Luigi Benedicenti consegue imprimir em seus quadros uma realidade absurda, com reflexos e texturas que dão uma sensação tridimensionala através da técnica hiper realista. Você acha que essas imagens são reais ou possuem manipulação digital?

São doces, frutas e sobremesas italianas que dão água na boca. As obras estão expostas na Albemarle Gallery, em Londres, Inglaterra. 

Vi aqui.


quarta-feira, 27 de junho de 2012

Segunda vista

Boa parte das pessoas escolhem e assistem um filme por se identificarem com o tema proposto, buscando entretenimento por meio de risadas, lágrimas, mistérios, enfim, alguma forma de diversão. Para outras, e eu me incluo nessa lista, cada filme pode conter um ensinamento, uma lição, uma dica ou seja lá que nome você queira dar, que pode ter grande utilidade na vida prática e real. Isso não significa que clipes de papel abram cadeados e fechaduras tão facilmente, mas se você prestar bastante atenção nas obras que assiste, verá muita coisa que passa despercebido no primeiro olhar. Então, convido você para ver esse vídeo interessante, que mostra diversas lições através de cenas de 40 filmes (e você conhece a maioria deles, com certeza).

Vamos lá?



(Clique em "CC" para legendas)

-

Dica do Marcos Henrique, via Facebook.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Cubismo redondo?

Quando você acha que o mundo tá muito paradinho, tudo muito igual, vem um cara e inventa de pintar quadros em caixas de ovos, aquelas de papel e que todo mundo joga fora. Minha mãe cortava e fazia 'tartaruguinhas', só não me pergunte como porque nem eu lembro mais direito. Só sei que ADOREI o trabalho do holandês Enno de Kroon com sua arte do "Eggcubism" (Ovocubismo), como ele mesmo denomina. 

 
 Livremente inspirado nas obras cubistas de Picasso e Braque, as pinturas tomam formas inusitadas dependendo do ângulo que se olha por causa da percepção tridimensional do material usado. Vale ver, vale admirar e se tiver coragem, quem sabe pintar o sete também!

 





Para saber mais sobre seu trabalho e nos mínimos detalhes, acesse o Flickr!

-

Vi aqui.

sábado, 16 de junho de 2012

Voa, voa, voa brabuleta!!

Com papel, tesoura e um alfinete eu poderia fazer isso:


Com o mesmo material, mais habilidade e muita paciência, a artista americana Rebecca J. Coles fez isso:




Para mais exemplos do talento e paciência de Jó dessa artista, 'ispia' no site dela.

Vi aqui.

Fritada high tec

Certas expressões artísticas são tão inusitadas que beiram a bizarrice. Eis que aparece um maluco fotógrafo neozelandês chamado Henry Hargreaves, decidido a fazer uma bela fritada com objetos de desejo para a maioria dos amantes de tecnologia, fotografar tudinho e publicar em seu site. Dos fones de ouvido ao notebook, ele não perdoou ninguém da família Apple.






Juro que não captei a mensagem... Alguém se habilita a explicar?

Vi aqui.