terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Orgulho brasileiro em Hollywood

O filme "Lula - O filho do Brasil" ficou fora das indicações ao Oscar, mas o Brasil terá outro representante e que tem tudo pra trazer uma estatueta com ares verde-amarelo.




Dirigido pela inglesa Lucy Walker em uma coprodução com a brasileira O2 Filmes, o documentário "Lixo Extraordinário" disputa o Oscar da categoria "Melhor Documentário". Seu idealizador, o artista plástico brasileiro Vick Muniz, ainda não consegue acreditar na indicação. "Parece um sonho", disse ele.

E parece mesmo. Seria um presente e tanto aos brasileiros (até um tanto irônico) que um documentário que retrata, sob a ótica das artes plásticas, os lados contraditórios da realidade de pessoas que tiram a sobrevivência do lixo, ganhasse uma estatueta tão cobiçada.

Em cartaz  nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador, "Lixo extraordinário" teve uma trajetória vitoriosa ao longo do ano passado em diversos festivais internacionais e nacionais dos quais participou, somando mais de 10 prêmios.  Nesses prêmios está incluso o "Prêmio do Público de Melhor Documentário Internacional, no Sundance Festival.

Saiba mais sobre a indicação no G1.

Confira o trailler!



Estamos na torcida!

Um comentário:

  1. Fico feliz de uma produção quase brasileira ter sido indicada ao Academy Awards. Mesmo assim não estou tão satisfeito com a notícia, acho que os americanos não dão o devido valor para o cinema brasileiro que já se mostrou muito capaz. Acho que 3 filmes deviam ser indicados. Tropa de Elite 2, Lula o Filho do Brasil e 5x Favela Agora Por nós Mesmos.

    Mesmo assim, esse é um início do reconhecimento do Brasil como potencia cinematográfica.

    Beijos Júh.

    ResponderExcluir

Deixe seu rabisco por aqui!Em caso de dificuldade, envie seu comentário para o endereço rabisco-criativo@hotmail.com

Críticas são bem-vindas, mas educação e bom senso também.

Obrigada.