terça-feira, 15 de junho de 2010

São Robinho no novo filme da Nike



     Poucos esportes no mundo têm a capacidade de transformar carreiras com o simples desfecho de um lance. E é um gol de Robinho, após um chapéu cinematográfico aos 47 minutos do segundo tempo, que o coloca como herói nacional com direito a carro alegórico esculpido à sua imagem e semelhança durante o carnaval. O roteiro mirabolante é seqüência da campanha "Escreva o futuro", da Nike, voltada para o período de Copa do Mundo.
    A criação é do redator argentino Alberto Ponte e do diretor de arte brasileiro Maurício Mazzariol (ex-DM9DDB), dupla da Wieden + Kennedy de Portland. O filme com Robinho foi produzido no Brasil pela norte-americana Anonimous Content (Los Angeles) durante duas semanas de locações na Vila Belmiro, em Santos, e também em São Paulo. Na TV aberta, o comercial vai ao ar na estreia do Brasil na Copa, nesta terça-feira, 15, diante da Coreia do Norte.
    Márcio Zorzella, gerente de brand conexions da Nike no Brasil, conta que diferentemente das cenas protagonizadas pelo inglês Wayne Rooney, que aparece no filme de três minutos da campanha - este dirigido por Alejandro Iñarritu (Babel) - e em outras versões mais curtas, o filme dedicado a Robinho terá apenas desfechos positivos do lance decisivo. Enquanto a parte dedicada ao astro da Inglaterra levanta um futuro sombrio caso ele falhe no lance decisivo, a versão de Robinho apresenta apenas os louros colhidos com um golaço decisivo. "Não usamos esse lado na peça dele para não dar margem ao azar. Estamos apoiando 100% o Brasil", diz Zorzella.
     No filme com Robinho, após o gol, fãs fazem tatuagens com a imagem de Robinho, que também é gravada em moedas. Meninos do mundo inteiro passam a tentar imitar sua jogada consagradora. E ele até vira santo. Uma imagem surge no filme com a mensagem "Feliz São Robinho", ao lado do número cinco. Detalhe importante é que entre as pessoas que comemoram o talento de Robinho estão Neymar e Paulo Henrique "Ganso", seus companheiros do Santos.
     O arremate da produção é um boneco de cinco metros de altura do jogador em um carro alegórico de escola de samba. "A campanha mostra que há momentos na vida em que se redefine o futuro", explica Tiago Pinto, diretor de marketing da Nike no Brasil.

por Robert Galbraith

Fonte:Meio e Mensagem on line

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu rabisco por aqui!Em caso de dificuldade, envie seu comentário para o endereço rabisco-criativo@hotmail.com

Críticas são bem-vindas, mas educação e bom senso também.

Obrigada.