segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Jingle de Silvio Santos em disputa judicial

     Na quarta-feira 18, a 18ª Vara Cível do Fórum Central de São Paulo condenou o SBT a pagar R$ 1,4 milhão ao autor do famoso jingle "Sílvio Santos vem aí", o publicitário e músico Archimedes Messina.
     O processo por danos morais e materiais havia sido movido por Messina há muitos anos. A reclamação reside no fato de que a música, composta no ano de 1964, foi feita somente para a utilização no rádio. Ao longo da existência do SBT, porém, o jingle foi incorporado na programação televisiva, sendo tocado em vinhetas e em todos os programas de auditório apresentado por Sílvio Santos.
    Considerado um dos grandes nomes da história da publicidade no Brasil, Archimedes Messina é o autor de diversos jingles e canções famosas que marcaram diversos anunciantes e ainda fazem parte da memória popular. Além do famoso "Silvio Santos bem aí", que acabou caracterizando a figura e o estilo do proprietário do SBT, Messina também assina outras músicas famosas de comerciais, como os jingles "Seu Cabral" e "Varig, Varig, Varig" (para a companhia aérea Varig) e "Não adianta bater" (para a Pernambucanas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu rabisco por aqui!Em caso de dificuldade, envie seu comentário para o endereço rabisco-criativo@hotmail.com

Críticas são bem-vindas, mas educação e bom senso também.

Obrigada.