quarta-feira, 10 de junho de 2015

Passagem



O tempo se encarrega de curar feridas
e abrir outras ainda piores.

Os encontros que nos alegram
e as despedidas que nos despedaçam.

Os olhares que se cruzam,
as bocas que se encontram,
as mãos que se afastam.

Pois só o tempo carrega consigo
o dom de esquecer
as dores
a fagulha para reacender
antigos amores
e a arte de passar
por onde fores...


22/05/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu rabisco por aqui!Em caso de dificuldade, envie seu comentário para o endereço rabisco-criativo@hotmail.com

Críticas são bem-vindas, mas educação e bom senso também.

Obrigada.